Como jovens e idosos estão usando o CBD para uma vida mais feliz e saudável

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Créditos da imagem: Pexels/Rodnae Productions)

Curadoria, tradução e edição Sechat, com informações de Canex

Aproximadamente 33% dos americanos usaram produtos com CBD pelo menos uma vez na vida, sendo que muitos desses usuários buscando uma ajuda para controlar a ansiedade elevada, a insônia, o alívio da dor e a recuperação muscular após uma lesão. Desde o Agriculture Improvement Act de 2018 – também conhecido como Farm Bill – foi introduzido nos Estados Unidos, o cultivo de plantas de cânhamo contendo menos de 0,3% de THC que é permitido em todo o país, levando a uma enorme variedade de produtos de CBD inundando o mercado dos Estados Unidos e expandindo massivamente a acessibilidade.

No Reino Unido, os números são um pouco diferentes. O cânhamo com teor de THC abaixo de 0,3% é permitido para cultivo sob uma licença do Home Office e produtos de CBD com traços de THC estão amplamente disponíveis. Cerca de 16% dos residentes relatam ter experimentado o CBD no passado. No entanto, isso não significa que houve uma corrida repentina para o mercado.

O valor do CBD para ansiedade ou outras condições varia de acordo com a idade e o histórico. Por exemplo, os mais jovens tendem a usar mais produtos relacionados ao CBD do que qualquer outra pessoa. O mesmo acontece para aqueles que vivem em áreas mais liberais do mundo, como a costa oeste dos Estados Unidos ou as principais cidades da UE.

No entanto, o número de cidadãos mais velhos que demonstram interesse pelo canabinóide está aumentando. Em 2019, cerca de 8% das pessoas com 65 anos ou mais deram uma chance ao CBD, enquanto um estudo mais recente descobriu que esse número acelerou para 20% em 2020. Como essas faixas etárias estão se beneficiando desses produtos relacionados ao CDB?

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

CBD para ansiedade

O CBD por si só não é psicoativo. Ele pode ser encontrado tanto no cânhamo quanto na cannabis, mas para vendê-lo em produtos, ele precisa permanecer “benigno”.

Embora os órgãos reguladores ainda estejam em dúvida quanto à aprovação de medicamentos para ansiedade baseados em CBD, há evidências de que eles podem aliviar os sintomas. Em 2011, um pequeno estudo mostrou uma redução nos níveis de ansiedade para aqueles com transtorno de ansiedade social. Outros estudos mostraram que participantes com dor não relacionada ao câncer ou sintomas relacionados à saúde mental experimentaram melhorias significativas na ansiedade e na depressão.

Isso, e mais evidências, direcionam mais consumidores a experimentarem o CBD para ansiedade como um método discreto para se sentirem mais à vontade. Existem mais de 40 milhões de adultos nos Estados Unidos com ansiedade e apenas 36,9% deles recebem algum tratamento. Esses números provavelmente pioraram desde a pandemia.

No Reino Unido, houve um crescimento maciço da ansiedade devido à crise financeira, austeridade, Brexit, mudança climática e mídia social. O grupo mais afetado é o mesmo com maior probabilidade de experimentar o CBD para ansiedade, entre 18 e 29 anos de idade.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Entre as constantes demandas de gerenciar famílias, carreiras e vida diária, os adultos jovens têm muitos motivos para tratar suas ansiedades com o CBD. Nas gerações mais velhas, as fobias podem desempenhar um papel significativo na exacerbação de problemas de saúde subjacentes. Usar o CBD pode ajudar a facilitar um espaço mental mais relaxado, onde o foco pode ser colocado em atividades e interesses mais saudáveis, levando a um estilo de vida mais feliz ao aliviar os medos e a sensação de desgraça iminente.

CBD para dormir

Até 70% dos americanos relatam não dormir o suficiente ou dormir de forma agitada durante a noite. Esse número é cerca de 38% para aqueles no Reino Unido que afirmam nunca atingir a média nacional de 6 horas e 19 minutos por noite. O sono é uma função crítica para um
sistema mais saudável e com estabilidade mental. Quanto melhor qualidade de sono que você tiver, mais preparado e motivado você estará para passar o dia.

Alguns produtos derivados de CBD são aprovados pela FDA para ajudar no sono, incluindo Epidiolex, Marino, Syndros e Cesament. Algumas soluções de venda livre também mostraram efeitos promissores na melhoria da insônia, do sono REM e no alívio do distúrbio de sonolência diurna excessiva.

Acredita-se que o CBD para o sono também esteja relacionado ao seu potencial anti-ansiedade. Isso pode ser especialmente benéfico para cidadãos mais jovens que sofrem de ansiedade ou de um processo de pensamento hiperativo que o impede de adormecer facilmente à noite.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

CBD para recuperação muscular

Uma lesão infeliz pode levar semanas, meses e possíveis anos de recuperação dolorosa. Isso é especialmente verdadeiro para os idosos que precisam de uma recuperação mais longa após o exercício ou esforço. Pessoas de todas as idades devem continuar participando de exercícios de movimento diários para melhorar sua qualidade de vida geral.

Isso pode ser tão simples quanto dar um passeio de 5 a 10 minutos pela manhã e à noite. Esteja você na adolescência ou se preparando para aproveitar seus anos dourados, ter um corpo forte e flexível melhora sua vida útil. Mesmo aqueles com mais passos em sua contagem diária tiveram uma vida mais longa.

Acredita-se que o potencial do CBD para a recuperação muscular funcione de algumas maneiras. O mais observado diz respeito às propriedades antiinflamatórias do CBD, que auxiliam na cicatrização mais rápida e, em geral, reduzem a dor.

Vários estudos mostraram resultados definitivos de que o CBD pode ter um efeito positivo na melhora da dor e da mobilidade para a recuperação muscular, mesmo em pacientes com esclerose múltipla.

As melhores formatos de CBD para recuperação muscular são os tratamentos por via oral ou a aplicação de óleo ou pomada no grupo de músculos doloridos.

Sobre o CBD

O CBD tende a crescer em popularidade à medida que mais pesquisas são conduzidas para validar os efeitos que cidadãos em todo o mundo já estão experimentando. Oferece uma abordagem mais holística da qualidade de vida de uma pessoa, independentemente da idade e da formação. É interessante observar como as respostas legais e sociais diferem à medida que o CBD se torna mais amplamente adotado como um tratamento convencional para ansiedade, sono e sintomas de dor.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER