Cannabis family kids: evento reúne jovens pacientes que fazem uso medicinal de cannabis em SP

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Cannabis Family Kids recebe pacientes e familiares. (Foto: Portal Sechat/ João Negromonte)

Por João R. Negromonte

Aconteceu nesta terça, dia 14/12, o Cannabis Family Kids, ação que promove auxílio de jovens pacientes que não possuem condições de arcar com os altos custos de um tratamento com canabinoides. O evento é fruto do CEC kids, que acontece desde 2020 e oferece:

Orientação gratuita à inclusão das famílias e pacientes no Sistema Único de Saúde e seus programas públicos;

Atendimento e acompanhamento médico especializado à terapêutica canábica para famílias optantes;

Busca pelo acesso do medicamento à base de Canabidiol (CBD);

Apoio e orientação para o paciente e sua família;

Difusão do conhecimento científico das propriedades canabinóides;

Apoio sócio-jurídico para famílias e pacientes optantes pelo tratamento compassivo;

Interlocução de benfeitores e filantropos para garantia do fornecimento dos medicamentos e insumos necessários aos pacientes.

Com a ajuda de parceiros como Pangaia, Revivid Brasil, Korasana, Natyva Care, Carmen’s Medicinals e Health Meds, que fizeram a doação dos medicamentos, o centro garantiu um ano de tratamento com cannabis medicinal para 12 pacientes com idades entre 2 e 15 anos, com diferentes patologias como AutismoEpilepsiaDepressãoTranstorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade e Microcefalia, que participaram do projeto.

Esse ano, o intuito do projeto e garantir um tratamento de qualidade e um acompanhamento desses pacientes enquanto o mesmo necessitar, ou seja, as famílias inscritas no programa, serão beneficiadas com essas a ações até a criança não precisar mais do auxílio.

Segundo Patrícia Vilela, fundadora do instituto Humanitas360 e apoiadora do projeto:

Essa iniciativa é de extrema importância na medida que buscamos amparar as famílias. A administração do CBD, tem, para com esses pacientes, também um tratamento. Encontramos famílias tão desamparadas quanto suas crianças e, esses pais e essas mães, precisam ter esse amparo de assistência social, de conversas, esclarecimentos jurídicos e segurança da continuidade da iniciativa. Por isso, contaremos sim, com doações, pra que esse óleos não deixem de chegar a essas famílias, que veem o canabidiol como uma ponte de atração delas com as políticas públicas de saúde e proteção social.

Patrícia Vilela

Já para o Dr. Pedro Pierro, Diretor Técnico do CEC e Científico do nosso portal Sechat, “a maior vantagem desse projeto é que você tira as pessoas de uma zona de perigo. Às vezes as pessoas acompanham casos de sucesso na TV ou na internet sobre o uso da cannabis medicinal e saem usando qualquer produto. Isso é um erro! Então, quando fazemos uma ação desse tipo, além de estarmos fazendo o bem e proporcionando um tratamento de qualidade, nós também garantimos que essas famílias não sejam enganadas por pessoas mal intencionadas,” e conclui:

“Quanto mais pessoas engajadas, mais histórias de sucesso. Assim, eu espero realmente que essas mesmas pessoas, no ano que vem, pensem nessa pauta na hora de escolher seus candidatos e ajudem a endossar o grupo de pacientes que necessitam dessa terapia para assim, com o poder do voto que é nossa ferramenta de mudanças, fazermos a diferença.”

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER