Glaucoma: cannabis pode ser eficaz contra a hipertensão ocular, diz estudo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Freepik/Wirestock)

Por João R, Negromonte

Um novo estudo realizado pela Universidade de São Diego, na Califórnia, revela que os consumidores de cannabis que utilizam da planta de forma inalada, isto é, fumada, podem ter uma redução de até 16% na pressão ocular, reduzindo a hipertensão e prevenindo o glaucoma.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

O ensaio clínico duplo-cego – quando nem o paciente nem o médico sabem o que estão usando – mostrou que o THC pode reduzir a pressão do olho, no entanto, a utilização deste medicamento para práticas médicas tem sido limitada.

Uma provável explicação para isso, segundo os pesquisadores, seria por conta do uso tópico desse componente que, quando aplicado direto no olho, apresenta baixa eficácia, bem como seus efeitos psicotrópicos e cardiovasculares causados pela ingestão. 

Apesar disso, algumas pesquisas vêm se mostrando promissoras neste tratamento. No novo estudo, os cientistas recrutaram um total de 300 participantes “saudáveis” com idades entre 21 e 55 anos, que haviam consumido cannabis quatro ou mais vezes durante o último mês. Os testes foram feitos através de um método de medição da pressão ocular sem contato, o que não garante a eficácia do processo e necessitando de mais pesquisas futuras, entretanto, os resultados preliminares são animadores.

Dos 300 pacientes, 11 foram selecionados para os testes de glaucoma, nos quais foram divididos em grupos de alta e baixa dose de THC, não mostrando diferença significativa entre as equipes que variaram nas dosagens.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Após a inalação, os níveis da pressão intraocular caíram de 7 a 16%, em um tempo médio de 60 minutos, atingindo seu pico quando a dosagem chegou a 20 nanogramas por mililitro, o que representa aproximadamente um terço  do componente por cada ml de sangue. 

A ação do THC e seu mecanismo de atuação na prevenção do Glaucoma ainda são um mistério para os pesquisadores, mas são objeto de constantes investigações por parte da comunidade científica.

“Sabemos que há receptores canabinóides espalhados por toda região ocular e com a ação vasodilatadora do THC, aumenta o fluxo sanguíneo no local, o que pode ajudar na prevenção da patologia,” dizem os pesquisadores.

Outra substância que também vem ganhando destaque é o Canabinol (CBN), instrumento de estudos de algumas empresas que sugerem que a substância também pode reduzir a pressão ocular, prevenindo a doença.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal 

Ainda é muito cedo para tirarmos qualquer opinião precipitada, entretanto, os resultados de estudos recentes demonstram cada vez mais a eficácia de alguns canabinóides no combate de diversas patologias, inclusive o glaucoma.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese