Nove em cada dez americanos apoiam a legalização da Cannabis para uso medicinal ou adulto

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
O apoio foi mais baixo para a ampla reforma entre as pessoas com 75 anos ou mais, enquanto a maioria daqueles com idades entre 18 e 74 anos apoia a proposta de dupla legalização (Foto: Reprodução/Marijuana Moment)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de Marijuana Moment (Kyle Jaeger)

Espantosos 91% dos americanos acreditam que a proibição da Cannabis deve acabar e que a planta deve ser legal para fins médicos ou adultos. É o que afirma uma nova pesquisa do Pew Research Center divulgada na sexta-feira (16).

A pesquisa vem logo após três estados – Nova York, Virgínia e Novo México – decretarem a legalização do uso adulto da planta. O levantamento pediu que os adultos escolhessem entre três opções: a maconha deveria ser legal apenas para uso médico, deveria ser legal tanto para fins adultos quanto terapêuticos ou deveria continuar a ser ilegal.

>>> Siga o Sechat no INSTAGRAM

Sessenta por cento dos entrevistados disseram que a cannabis deve ser legal para uso médico e adulto. Trinta e um por cento disseram que deveria ser legalizado apenas para fins terapêuticos. E apenas 8% dos americanos disseram que deveria continuar a ser criminalizada em todas as áreas.

Democratas x Republicanos

Em suma, a maioria das pessoas incluída na pesquisa disse que que a Cannabis deveria ser legal de alguma forma. Os democratas e pessoas que se inclinam na direção do partido eram os mais propensos a favorecer a mudança de política para uso médico e adulto (72%). Em comparação com 47% dos republicanos e aqueles que se inclinam para o Partido Republicano.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Entretanto, o apoio foi mais baixo para a ampla reforma entre as pessoas com 75 anos ou mais. Já a maioria daqueles com 18-74 anos apoia a proposta de dupla legalização.

“Embora republicanos e democratas difiram muito sobre se a Cannabis deve ser legal para uso medicinal e adulto, também existem diferenças de idade dentro de cada partido”, conforme apontou a pesquisa. “Uma maioria de 63% dos republicanos com idades entre 18 e 29 são a favor de tornar a maconha legal para uso adulto e médico, em comparação com 53% daqueles com idades entre 30 e 49 anos e 48% daqueles com idades entre 50 e 64 anos. Os mais velhos (27%) dizem que a maconha deve ser legal para ambos.”

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Este estudo foi lançado um dia depois que a Universidade Quinnipiac publicou sua própria pesquisa descobrindo que o apoio nacional à legalização da maconha atingiu um ponto alto, com 69% dos americanos agora dizendo que são a favor do fim da proibição. Isso incluiu uma grande maioria de republicanos (62%) também.

A postura do presidente Joe Biden

Embora os legisladores estaduais e federais pareçam estar reconhecendo cada vez mais essa mudança bipartidária na opinião pública e elaborando uma legislação para refletir isso, o presidente Joe Biden ainda está entre a minoria que se opõe à legalização do uso adulto.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Mas, em vez disso, o presidente  apoia o reescalonamento modesto da planta, descriminalizando o porte e legalizando a Cannabis medicinal, eliminando registros anteriores de maconha e permitindo que os estados definam suas próprias políticas.

Mas sua postura pode ser testada nas próximas semanas ou meses, conforme o líder da maioria no Senado, Chuck Schumer (D-NY), enfatizou que um projeto de lei de legalização federal será lançado “em breve”.

Sobretudo, a nova pesquisa do Pew envolveu entrevistas com 5.109 adultos norte-americanos. Ela foi conduzida no início de abril e tem uma margem de erro de mais ou menos 2,1 pontos percentuais.

Confira outros conteúdos sobre a cannabis nos EUA publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese