Itália cria conselho de cânhamo para pesquisas

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Canapa Sativa Italia disse que a Itália também deve ajustar suas leis e regulamentos de acordo com uma recente decisão do Tribunal de Justiça Europeu (Foto: Griffin Wooldridge/Pexels)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de Hemp Today

Um conselho de cânhamo recém-lançado na Itália deve se concentrar em pesquisas inovadoras como a primeira prioridade no relançamento da indústria.

A Canapa Sativa Italia (CSI) instou o conselho a sondar os usos potenciais do cânhamo que podem levar a uma posição forte dos acionistas italianos do cânhamo no mercado internacional. O conselho é encarregado de esboçar as diretrizes para um plano que visa fortalecer o setor italiano do cânhamo.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Grupos de trabalho formados

“A Itália pode se tornar líder novamente. E será, se não perder a oportunidade”, conforme disse Mattia Cusani, secretária da CSI, que está entre as organizações representadas na diretoria de 48 lugares. Também estão representados os ministérios da Saúde, Desenvolvimento Econômico, Interior, Defesa e Meio Ambiente, bem como universidades e agricultura e outras organizações do setor.

Durante sua primeira reunião, a diretoria estabeleceu três grupos de trabalho que abordarão os desafios do setor: um grupo para coordenar as atividades entre as regiões da Itália; um focado em “instalações e máquinas” e um grupo de pesquisa – todos liderados por representantes ministeriais.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Leis precisam ser ajustadas

Canapa Sativa Italia disse que a Itália também deve ajustar suas leis e regulamentos de acordo com uma recente decisão do Tribunal de Justiça Europeu. Foi decidido em um caso francês no final do ano passado que o CBD derivado do cânhamo não deve ser considerado um narcótico. Além disso, o composto deve ser livre para o comércio entre os estados membros da UE. 

Entretanto, as partes interessadas presentes na semana passada disseram que um desafio imediato é desenvolver ferramentas mais ágeis e rápidas para verificar os níveis de THC das plantas de cânhamo.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Sobretudo, a Itália é perenemente o segundo maior produtor de cânhamo da Europa, atrás da França. Além disso, é um player europeu líder no cultivo e processamento de fibra, principalmente para a indústria de construção.

Confira outros conteúdos sobre o mercado do cânhamo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese